Core-PB

Atendimento online
Clique aqui e tenha acesso aos principais serviços pelo Setor de Atendimento do Core-PB.
  • portal-da-transparencia
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão
  • info
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão

Busca por economia leva 47% dos brasileiros a abandonar suas marcas favoritas

Busca por economia leva 47% dos brasileiros a abandonar suas marcas favoritas

Estudo divulgado pelo Qualibest aponta que o fator preço tem transformado a experiência de compras nos supermercados em todo o país

As idas dos brasileiros aos supermercados tendem a ser eventos bastante únicos. Isso porque a compra deste mês será diferente da realizada no mês anterior e outras mudanças certamente serão observadas durante a próxima compra. Por trás deste cenário de transformações, há um agente comum: o preço.

Em função da alta variação de preços, 47% dos brasileiros tendem a abandonar as marcas que costumavam e optar por opções mais baratas. É o que aponta o estudo “Hábitos e Costumes: Consumidores de Supermercado e Atacarejo”, divulgado pelo Qualibest. O instituto ouviu brasileiros responsáveis pelas compras do lar.

Perguntados sobre suas próprias percepções quanto aos gastos em supermercados, 40% dos entrevistados disseram estar gastando mais hoje do que no passado. Destes, 34% dizem gastar mais e comprar menos, enquanto 15% afirmam estar adquirindo a mesma quantidade de produtos de outrora.

Do outro lado da moeda, 30% dos respondentes afirmam estar gastando menos. Neste cenário, porém, apenas 6% dizem estar comprando mais produtos, enquanto 13% percebem que estão adquirindo a mesma quantidade de antes e 24% apontam para um cenário de aquisição de menos ítens.

Tais variações despertam nos brasileiros uma outra tendência: a pesquisa de preço. 43% dos respondentes disseram procurar por estabelecimentos onde podem encontrar um determinado produto pelo menor preço e 36% pesquisam ofertas antes de sair para comprar.

Onde as compras acontecem 

Os estabelecimentos físicos de redes de supermercados e hipermercados (94%), mercadinhos (92%), hortifrutis (88%) e atacarejos continuam sendo os principais locais de compra (85%) mesmo com a disponibilidade de compra em sites e aplicativos desenvolvidos para as empresas do setor.

A pesquisa aponta que os supermercados e hipermercados são os favoritos para a compra de todos os tipos de produtos analisados pela pesquisa, desde os alimentos básicos (82%) até os produtos de higiene e beleza (76%). Já os mercadinhos de bairro aparecem na segunda posição em quase todas as categorias de compra, exceto alimentos básicos e higiene e beleza, nas quais perde em preferência para os atacados e atacarejos.

Segundo os entrevistados pelo Qualibest, “variedade”, “preço” e “qualidade” são algumas das palavras que definem a experiência de comprar em um supermercado/hipermercado. Já a compra nos mercadinhos de bairro foram definidas com os termos “proximidade”, “facilidade” e “perto de casa”, enquanto as compras nos atacarejos foram resumidas pelos termos “barato”, “promoções” e “economia”.

Fonte: Mundo do Marketing