Core-PB

Atendimento online
Clique aqui e tenha acesso aos principais serviços pelo Setor de Atendimento do Core-PB.
  • portal-da-transparencia
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão
  • info
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão

Cesta Junina registra crescimento de 17% nas vendas

Cesta Junina registra crescimento de 17% nas vendas

Os itens que apresentaram alta foram os doces industrializados com 28% e o vinho com 27%

As vendas da tradicional cesta Junina registraram um crescimento significativo de 17% no período sazonal (meses de junho e julho) em comparação com a média anual de vendas, conforme dados da Scanntech. Este aumento reflete o impacto econômico das festas juninas no Brasil, que são sempre relevantes para o comércio e turismo, principalmente em cidades como Caruaru (PE), Campina Grande (PB), Mossoró (RN), Petrolina (PE) e Parintins (AM).

Dentro da cesta Junina, os doces industrializados tiveram um crescimento de 28%, seguido pelo vinho, que teve um aumento de 27%. Outros itens também mostraram desempenho robusto: milho de pipoca cresceu 23%, coco ralado 20% e amendoim 19%.

Olhando para participação no faturamento, a categoria de vinho se destacou como a mais relevante, representando 28,6% das vendas totais, enquanto a farinha de trigo seguiu com uma participação de 11,3%. Nos meses de junho e julho, a cesta junina teve sua maior participação nas vendas, alcançando 3,59% e 3,30%, respectivamente.

Por região, os produtos juninos apresentaram uma maior participação no Sul do Brasil, com 3,99% no período, puxada pela categoria de vinho. O Nordeste veio em seguida, com 3,68% de participação. As demais regiões apresentaram os seguintes percentuais: Norte (2,32%), Centro-Oeste (2,73%), Sudeste (3,34%) e Sul (3,99%).