Core-PB

Atendimento online
Clique aqui e tenha acesso aos principais serviços pelo Setor de Atendimento do Core-PB.
  • portal-da-transparencia
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão
  • info
    Transparência e prestação de contas
  • denuncie
    Denuncie o exercício ilegal da profissão

Compras on-line atingiu R$ 185,7 bilhões em 2023

Compras on-line atingiu R$ 185,7 bilhões em 2023

Em relação ao ano anterior, teve um crescimento de 10% nas vendas

As vendas totais registradas no e-commerce brasileiro atingiram a marca de R$ 185,7 bilhões em 2023, os dados são da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e revelam crescimento de mais de 10% em relação ao ano anterior. Foram cerca de 395,11 milhões de pedidos e ticket médio de R$ 470 por cliente em 2023.

Entre os destaques de vendas no ano passado estão os segmentos de eletrodomésticos, eletrônicos, telefonia, casa e decoração, além de moda e acessórios. O levantamento mostra ainda que as mulheres lideram as compras e representam mais de 60% dos clientes. Além disso, mais de 55% das transações on-line foram feitas na região Sudeste do Brasil. Os dados reforçam o crescimento do comércio eletrônico, que representa hoje uma boa fatia de todo o segmento do varejo nacional.

Para 2024, a projeção é maior e pode atingir os R$ 205,11 bilhões no fim do ano, segundo a ABComm. O ticket médio deve aumentar e chegar a R$ 490 por cliente. Já os pedidos podem alcançar os 418,6 milhões, com um total de 91 milhões de compradores.

Mauricio Salvador, presidente da Associação, explica que o crescimento das vendas no ano passado gera mais expectativas para 2024. “O e-commerce ganhou força durante a pandemia e segue se fortalecendo. As pessoas se sentem cada vez mais confiantes em comprar no ambiente on-line, o que favorece a ascensão do mercado virtual. Quem compra em sites e tem uma boa experiência, sempre volta. Isso gera impacto positivo para diversos segmentos”, avalia o executivo.